Utilidades para os drones no Brasil

Utilidades para os drones no Brasil

Os drones possui ganhado o centro das atenções nos últimos dias, especialmente visto que a Amazon manifestou o atração física de utiliza-los em entregas em um amanhã próximo.

Porém, até no qual os drones são capazes de ir? Será que dentro de alguns anos veremos os céus das nossas cidades tomadas por eles?
O BlogDeCódigo se aventurou em imaginar 13 trabalhos praticas para os drones.

1) Entregas

A Amazon lançou essa ideia nos últimos dias: utilizar drones para a entrega de itens. Tente imaginar não apenas a Amazon, porém outras lojas de mais segmentos fazendo o inclusive, como no vídeo abaixo, no qual a barga de pizzarias Domino aciona a entrega de pizzas com drones: Poderíamos imaginar drones entregando todo e qualquer forma de pacote acanhado, como medicamentos, algumas encomendas e correspondências. Teríamos como proveito aqui em São Paulo por adágio, a míngua do algarismo de motos nas ruas, desafogando o abertura anárquico desta município. Porém algumas questões teriam que ser resolvidas para que isto se tornasse existência. Os drones teriam que ter uma autarcia bastante maior, para andar distâncias de pelo pouco 100(ORIGINAL)|100 (CEM)|CEM} km entre os centros de abastecimento e os locais de entrega, se pensarmos em entregas de e-commerces, por adágio. Os drones similarmente precisariam de ter um forma de sensor para quantidade obter um local sem riscos para aterrissagem.

2) Inquirir áreas de desmatamento, áreas de perigo…

Aqui uma possível aplicação para os drones nos próximos anos. Equipados com câmeras, eles poderiam ajudar a controle de áreas de desmatamento defeso e afazer de áreas de perigo. Na verdade já há um projeto similar acontecendo em Varzea Paulista/SP

3)Vigilância e segurança em grandes aglomerações

Seja nos shows do Rock’n’Rio, no alvoroço de Deus, nos protestos Brasil afora ou em qualquer arena em dia de jogo. Um drone dotado com uma câmera poderia alcançar imagens de possíveis vândalos. Essas imagens poderiam ser cruzadas instantaneamente com um banco de dados, ajudando a reconhecimento imediata dos criminosos. Em vias movimentadas, como a rua 25 de Março, em São Paulo, os drones poderiam ajudar o sistema de vigilância por câmeras na reconhecimento de assaltantes.

4)Transmissão de imagens ao vivo

Um drone chegaria até o local de ocorrência bem mais acelerado do que uma divisa, o que facilitaria este serviço de “motolinks” usados pelas emissoras de televisão. Na transmissão de um jogo em um arena, um drone poderia realizar imagens por ângulos a custo alcançados por câmeras convencionais. No entanto, aqui enfrentamos aquele inclusive dificuldade: autarcia. O aparelho teria que ter a personalidade de adejar por um prolongado tempo sem reabastacimento para quantidade executar seu papel.

5) Casa, televisão, anúncio…

Gravações para o casa, televisão e anúncio ganhariam um acréscimo com o consumo de drones, que aqui similarmente possibilitaria a filmagem em ângulos a custo alcançados pelas câmeras. Na verdade, isto é tão simples, e tão possível, que nem sequer sei se este consumo já não ocorre.

6) Paparazzi

Para o fobia das celebridades, os drones poderiam ser usados para levar fotos e realizar filmes dos famosos, ultrapassando os arraias naturais de um homem e sua câmera. Você não estaria afora nem sequer inclusive no último achar-se do Copacabana Palace, e nem sequer inclusive cercado por dezenas de seguranças…

7) Controle do abertura

Outra “ideia do mal” para o consumo dos drones. Em pontos estratégicos, como grandes avenidas, os drones poderiam inquirir tudo: pegar motoristas sem anel e falando no telefone celular, acasalar placas com banco de dados e afirmar se há pendências com multas e IPVA… A porção de multas que as prefeituras arrecadariam fariam acarretar o investimento. Possível. A Industria de Multas curtiu isto. (y)

8) Cracolândias

De volta às “ideias do bem”. Drones em áreas conhecidas como “cracolândias” poderiam fácil identificar a partir de traficantes que abastecem essas áreas até acasalar imagens de viciados com bancos de dados de desaparecidos, contribuindo as famílias a encontra-los.

9) Auditoria de comunidades controladas pelo comércio

Sabemos que o autoridade do narcotráfico em algumas comunidades é tão forte que nem sequer inclusive a polícia pode entrar nessas áreas. Drones poderiam entrar nessas lugares e também alcançar imagens de criminosos, identificando foragidos e filmando toda a exercício do comércio, o que até mesmo facilitaria o trabalho de destreza das polícias. (Apenas não pode ingerir explosão na comunidade de habitações modestas, hein drone…)

10) “Drones do aparelhagem”

Em cidades do interior, é bastante comum o consumo do automóvel de aparelhagem, que várias das vezes é o essencial veículo publicitário da município. Estes carros anunciam de tudo: a partir de as ofertas imperdíveis do mercado até aos artistas que estarão na quermesse. Em um amanhã próximo (ou distante, não sabemos) o consumo de drones pode se mostrar bastante mais acessível do que carros: uma vez que não utiliza gasolina, não necessita de um condutor e também pode ser articulado a um banco de dados podendo apregoar uma abundância de anúncios. Anunciantes poderiam adquirir espaços publicitários para aclamar nesses drones. Para isto similarmente seria preciso julgar em um aparelho de aparelhagem acanhado e bastante poderoso, argumento que este drone estaria voando há 5 ou 10 metros do chão.

11)Auditoria de áreas de abundância do abelha-mosquito da afabilidade

Se aquele residente aborrecido não pretende abrir o portão para os fiscais da municipalidade, não possui dificuldade. Um drone sobrevoaria a casa em abacaxi e checaria se tudo está em ordem. Simples dessa maneira.

12)Pedidos de casamento

Isto inclusive, liberte o “geek amoroso” que há em você. Imagine apenas você pedindo sua amada em casamento e um simpatico dronezinho abrangendo as alianças de modo direto dos céus? E no casamento, nada de criancinhas! O acolhedor dronezinho estará de volta, para provocar as alianças até o altar… ❤ Complicações a solucionar Para que tudo isto funcionasse bastante bem, alguns complicações teriam que ser resolvidos: Autarcia: Drones convencionais possui autarcia de poucos minutos. Isto teria que ser aperfeiçoado de maneira que eles pudessem alucinar-se por horas sem a necessidade de reabastecimento.

Aterrissagem:

Locais para pousos e sistemas de reconhecimento de barreiras precisariam ser providenciados. Imagine apenas um desses acertando uma criança que está brincando na calçada? Questões éticas: Até no qual teríamos o direito de colocar drones para acometer casas e levar fotos de indivíduos sem qualquer aprovação? Segurança da informação: Como qualquer outro coisa computadorizado, um drone pode sentir abuso de hackers, e uma aquisição pode ser desviada, por adágio. Investimentos em segurança da informação teriam que ser feitos.

Controle de adejo: Imagine apenas uma município com São Paulo, milhares de drones viajando para todos os lados para inquirir ruas, transito, realizar entregas… Seria preciso um sistema de controle de adejo similar ao de aviões comerciais para evitar acidentes.

Sabemos que bastante do que foi aludido acima pode ser que de modo algum aconteça, por pleito desssas questões citadas acima, ou por isso por pleito da inviabilidade financeira inclusive. Porém este é um ótimo treino de agudeza para julgar nas chaves e complicações que as novas tecnologias são capazes de nos resultar no amanhã, não?MELHOR SITE DE DRONES!!!CLICK AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *