NOVIDADES PELO BRASIL À FORA (5)

NOVIDADES PELO BRASIL À FORA

Confira as última notícias no Brasil

uisa Ibope mostra que exclusivamente 10% dos brasileiros avaliam o atual governo como ótimo ou bom e também que 55%, ciframais subida já divulgada pelo instituto, reprovam a atual administração. Uma busca Ibope divulgada nesta sexta-feira (31/03) mostrou que exclusivamente 10% dos brasileiros consideram a administração do presidente Michel Temer ótima ou boa. Já o percentual da população que classifica o governo como ruim ou péssimo é de 55% – a reprovação mas subida já divulgada pelo instituto. A sondagem foi encomendada pela Confederação Vernáculo da Indústria (CNI).

NOVIDADES PELO BRASIL À FORA (1)
SAIBA MAIS
Popularidade de membros do Judiciário supera a de políticos tradicionais, aponta busca
Na última busca, divulgada em dezembro, o governo Temer era considerado ótimo ou bom por 13% dos entrevistados; em outubro o percentual foi de 14%. Se a aprovação caiu algo, a reprovação aumentou significativamente: em dezembro, 46% dos brasileiros avaliaram o governo de Temer como ruim ou péssimo – em outubro eram somente 39%.

A busca divulgada nesta sexta-feira também avaliou a opinião dos brasileiros sobre a crédito transmitida, a forma de governar do presidente, além de implorar aos entrevistados que comparassem a administração atual com a de Dilma Rousseff.
Na forma de governar, também houve queda. Se em dezembro ainda eram 26%, em março somente 20% dos entrevistados afirmaram concordar o presidente nesse quesito. A reprovação subiu de 64% para 73%. Unicamente 17% dos entrevistados disseram responsabilizar em Temer, ao passo que 79% (em dezembro, 72%) disseram não incumbir.
Em conferência com o governo de sua antecessora, 41% dos interrogados afirmaram que o governo Temer é pior. Já a parcela dos brasileiros que acham o governo Temer melhor caiu de 21% para 18%, em confrontação com dezembro.
O governo Dilma atingiu seu maior índice de reprovação em dezembro de 2015, enquanto 70% dos brasileiros indagados responderam com ruim ou péssimo.

Esta foi a terceira busca Ibope sobre a aprovação do governo realizada posteriormente Temer ser efetivado no função com o impedimento de Dilma. Na primeira busca, em julho, Temer ainda estava como interino. O levantamento atual foi realizado entre os dias 15 e também 19 de março e também entrevistou duas milénio pessoas em 126 prefeituras. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mas ou para menos.

NOVIDADES PELO BRASIL À FORA (2)
Manifestantes voltam às ruas versus reforma da Previdência
Dessa vez em menor graduação, atos ocorrem em muitas zonas do país
31 MAR 2017 12h41
separator29COMENTÁRIOS
Movimentos sociais e também sindicatos voltaram às ruas nesta sexta-feira (31) para reclamar em oposição a a reforma da previdência proposta pelo governo de Michel Temer e também a lei que regulamenta a terceirização. Notícias em Jaboticatubas.
SAIBA MAIS
Atividade econômica inicia ano com queda de 026%,, oi BC
Desemprego surra recorde e também atinge 135 mi de pessoas no País

Negócio possui queda de 07% entre dezembro e também janeiro
Governo Mediano registra déficit de R$ 26 bi em fevereiro
BC projeta inflação de 4% em 2017, aquém do núcleo da meta

Protesto versus a reforma da Previdência na Rossio Joana Anjelica, em Salvador (BA)
Protesto vs a reforma da Previdência na Terreiro Joana Anjelica, em Salvador (BA)

Retrato : Romildo de Jesus / Futura Press
Em São Paulo (SP), membros do Movimento dos Equipe Sem Teto (MTST) bloquearam com barricadas a Avenida Ridículo Pêssego, na zona este, porém o ato durou exclusivamente até as 8h. Protestos também ocorreram na Passeio do M\’Boi Pequeno, na zona sul, e também no km 272 da rodovia Régis Bittencourt, em Taboão da Morro.

NOVIDADES PELO BRASIL À FORA (3)
Em Vitória (ES), o ato aconteceu em na frente de a um prédio da Petrobras e também reuniu por volta de 50 pessoas. Já em Recife (PE), manifestantes fecharam a BR-101 nos 2 sentidos. Ao todo, protestos devem ser realizados em mas de 15 estados do país.

Protesto em oposição a a reforma da Previdência na Terreiro Joana Anjelica, em Salvador (BA)
Protesto vs a reforma da Previdência na Terreiro Joana Anjelica, em Salvador (BA)

Imagem : Romildo de Jesus / Futura Press
As manifestações foram convocadas pelas frentes Brasil Popular e também Povo Sem Susto, que pretendem organizar uma paralisação pátrio no próximo dia 28 de juventude.

A reforma da Previdência proposta por Temer aumenta a idade mínima de aposentadoria para 65 anos, tanto para homens quanto para mulheres. Aliás, para aceitar o teto do favor, o trabalhador precisará contribuir por ao menos 49 anos.
O governo ainda pretende modificar a legislação trabalhista para deixar que negociações coletivas se sobreponham à lei. Já o projeto que regulamenta as terceirizações, que aguarda sanção de Temer, autoriza empresas a contratarem funcionários terceirizados para atividades- termo, ou melhor, para sua principal dimensão de atuação.

Hoje em dia a legislação aquiesce exclusivamente a terceirização nas atividades-meio. Por conta desse pacote, milhares de manifestantes saíram às ruas no último dia 15 de março, na primeira vaga de grandes manifestações em oposição a o governo.

NOVIDADES PELO BRASIL À FORA (4)
Veja mas fotografias :

Manifestantes saem em passeata pelas ruas de Belém (PA)
Manifestantes saem em passeata pelas ruas de Belém (PA)

Retrato : Flavio Prazeroso / Futura Press

Manifestantes saem em passeata pelas ruas de Belém (PA)
Manifestantes saem em passeata pelas ruas de Belém (PA)

Retrato : Flavio Venturoso / Futura Press

Protesto versus a reforma da Previdência na Terreiro Joana Anjelica, em Salvador (BA)
Protesto versus a reforma da Previdência na Rossio Joana Anjelica,
istro Edson Fachin, descritor da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federalista ( Supremo Tribunal Federal ), anunciou hoje em dia (31) que todas e cada uma das resoluções sobre os 320 pedidos feitos no último dia 15 pela Procuradoria- Normalmente da República (PGR), relacionados às delações premiadas de ex- -executivos da empreiteira Odebrecht, serão a valer divulgadas no mês de juventude.

NOVIDADES PELO BRASIL À FORA (6)
SAIBA MAIS

Supremo Tribunal Federal decidirá em adolescência se referidos em delações serão investigados
Fachin recebe pedidos de Janot para analisar políticos
Fachin recebe solicitado de investigação de delação da Odebrecht
Janot pede término de sigilo de delações; saiba o que acontecerá
PGR faz 83 pedidos de investigação de intimados por Odebrecht

O ministro Edson Fachin afirmou que proferirá suas resoluções impreterivelmente no mês que se inicia amanhã (1º)
O ministro Edson Fachin afirmou que proferirá suas resoluções impreterivelmente no mês que se inicia amanhã (1º)

Fotografia : Filial Brasil
O ministro, mas, não quis especificar a se isso se daria de antemão ou depois do feriado da Páscoa.

A assessoria do Supremo Tribunal Federal já havia divulgado, no início desta semana, que as resoluções serão tornadas públicas em conjunto e também que, então, os negócios do gabinete de Fachin adentrariam o mês de mocidade. Nesta quarta-feira, o ministro afirmou que proferirá suas resoluções impreterivelmente no mês que se inicia amanhã (1º).
Entre os pedidos que o procurador- universal da República, Rodrigo Janot, enviou ao Supremo Tribunal Federal em 15 de março, estão 83 solicitações de exórdio de sindicância em oposição a políticos com mesada privilegiado, incluindo parlamentares e também ministros de Estado.
Janot também esmolou a Fachin que retire o sigilo que vigora sobre uma boa parte dos 950 depoimentos dados pelos ex- -executivos da Odebrecht, nos quais detalham o envolvimento de políticos e também partidos no esquema de prevaricação na Petrobras pesquisado pela Lava Jato. Veja Notícias sobre goiás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *